Timber by EMSIEN-3 LTD
Lucas

Lucas

Com a presença de autoridades paraguaias a UCP (Universidad Central do Paraguay) iniciou atividades nesta segunda-feira (6) em Ciudad Del Este. O reitor, engenheiro Luis Alberto López Zayas e o diretor administrativo Karlos Bernardo receberam convidados locais e também a senhora Ruth Benitez Perrier, mãe do presidente eleito Mario Abdo Benítez.

Cerca de 500 alunos conheceram as novas instalações da Unidade do Lago e ouviram do reitor e do diretor administrativo as palavras de boas-vindas. Em Ciudad Del Leste serão duas unidades e somando-se a de Pedro Juan Caballero a capacidade total é para cerca de cinco mil alunos.

O estudante José Carlos Oliveira Júnior saiu de Goiás em busca do sonho de se tornar médico e disse que escolheu a UCP por enxergar na instituição a melhor entre todas de que ele conheceu e ouviu de outros universitários e que isso o deixou tranquilo e confiante de que fez a escolha certa.

Na saudação de abertura do semestre letivo, o reitor Luiz Alberto López disse que estava orgulhoso de poder contar com a confiança de tantas pessoas e que isso também aumentava a responsabilidade dele e da equipe da UCP, já que todos estavam ali em busca de um sonho e que agora o objetivo era de transformar estes sonhos em realidades.

Segundo o diretor administrativo da UCP, Karlos Bernardo, em fevereiro deverá entrar em funcionamento a unidade do Complexo Internacional em Minga Guazu. Na unidade inaugurada esta semana estão matriculados cerca de 600 alunos que terão à disposição salas climatizadas, laboratórios modernos e equipamentos de última geração e professores, mestres e doutores, que já atuam há tempos em outras universidades e participarão da formação destes futuros profissionais.

Comentário

Gedivaldo Guilherme de Almeida, de 35 anos, morador no Parque da Nações I em Dourados, foi preso por uma das equipes da radio patrulha da PM (Polícia Militar) após ser flagrado furtando produtos de um caminhão, em Dourados. Na delegacia, o homem confirmou que se chamava Delson Alves Batista, tem 36 anos, e é morador no bairro João Paulo ll. Ele foi encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) onde vai responder pelo ato.

De acordo com a assessoria da PM, o fato ocorreu na madrugada dessa quarta-feira (1) quando a vítima, um homem de 33 anos morador em Toledo/PR, aguardava a descarga de materiais em uma transportadora localizada na avenida Marcelino Pires, na vila São Francisco, e acabou flagrando o suspeito rompendo o cadeado do baú onde estariam várias caixas de roupas.

Antes desse flagrante, Gedivaldo já havia conseguido tirar duas caixas de mercadorias do baú do caminhão, porém, após o alerta do motorista, funcionários da empresa de transporte foram mobilizados e conseguiram isolar o ladrão que se escondeu dentro de uma lixeira, onde permaneceu sob vigília até a chegada de policiais do 3º. Batalhão de Dourados.

Comentário

Um padre de Foz do Iguaçu morreu em um acidente de trânsito na madrugada deste sábado (28), na BR 277, região de São Miguel do Iguaçu. Maurício Camatti, de 31 anos, era condutor de um Volkswagen Voyage, placas BBP 3512, que colidiu na traseira de uma carreta com placas do Paraguai.

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o acidente aconteceu no quilômetro 701 da rodovia. Os dois veículos seguiam na pista Curitiba/Foz do Iguaçu quando houve a colisão traseira. No entanto, não há informações sobre as causas do acidente.

Socorristas da concessionária que administra o trecho foram acionados, mas apenas constataram a morte da vítima, que ficou presa às ferragens, como repercute o portal Catve.

Maurício Camatti era formado em Teologia pela Faculdade Missioneira do Paraná e atuava como pároco da Paróquia Nossa Senhora das Graças em Foz do Iguaçu.

Uma menina nasceu durante um trágico acidente de trânsito na Rodovia Régis Bittencourt, no interior de São Paulo, no começo da tarde desta sexta-feira (27), publica o portal G1. Uma jovem, que estava grávida, foi arremessada para fora de um caminhão e morreu após ter o abdômen rompido, o que obrigou a bebê a nascer involuntariamente. Segundo os médicos, o corpo da mãe acolheu a bebê nos primeiros minutos de vida, o que foi fundamental para que a menina conseguisse sobreviver.

O acidente ocorreu por volta das 12h30 locais e o médico Elton Barbosa foi chamado para socorrer duas vítimas de um acidente no Km 517, na Serra do Azeite, em Cajati. Ele faz parte da equipe de atendimento pré-hospitalar da Rodovia Regis Bittencourt, que imediatamente foi para o local da ocorrência identificar o que realmente havia acontecido.

De acordo com a concessionária responsável pela rodovia, uma carreta que transportava tábuas de madeira saiu da pista e tombou. O motorista ficou preso nas ferragens do veículo e a passageira, uma gestante de cerca de 39 semanas, foi arremessada para fora do caminhão. A carga de madeira caiu na rodovia e atingiu a mulher.

“O motorista já estava sendo retirado das ferragens do caminhão por outra equipe. A mulher estava embaixo de pranchas de madeira. Eu estava tentando chegar até a vítima para atestar o óbito quando ouvi um choro abafado de uma criança. Tiramos as pranchas de madeira e vimos a gestante. A criança estava entrelaçada nas vísceras da mãe”, contou o médico ao portal de notícias.

Comentário

Um adolescente de 17 anos foi apreendido por suspeita de tráfico de drogas na madrugada deste sábado (28), em Toledo. Após denúncia anônima, policiais militares da Rotam localizaram provável ponto de distribuição de drogas no Jardim Europa.

A equipe abordou o adolescente, com 20 pedras de crack e, em seguida, na residência do jovem e durante revista encontraram mais 77 pedras da droga enroladas em alumínio, prontas para o comércio. As pedras de crack foram pesadas e totalizaram 50 gramas.

O adolescente foi apreendido e encaminhado para a 20ª Subdivisão Policial de Toledo, para as providências cabíveis.

Comentário

Começa nesta quarta-feira (25) e prossegue até sábado (28), em Toledo, a 43ª edição do Festin (o Festival de Inverno) com atrações todas as noites, a partir das 19h30, no Teatro Municipal. O evento, tradicional no município, é sempre bem elogiado por todos, e neste ano não será diferente. A entrada é franca e livre para todos os públicos.

As categorias do Festin proporcionam uma gigantesca diversidade musical, com apresentações para todos os gostos e estilos, popular, sertanejo, bandas e também composições. A valorização dos artistas locais engrandece ainda mais o evento e a participação da população é essencial para enaltecer os participantes do espetáculo.

Comentário

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná emitiu esta semana um alerta a nove prefeituras paranaenses que registraram gasto excessivo com a folha de pagamento. Toledo e Cascavel estão na lista, juntamente com os municípios de Ibiporã, Floresta, Telêmaco Borba, Corumbataí do Sul, Guarapuava, Sarandi e Borrazópolis.

O máximo permitido de gasto com pessoal, o chamado índice prudencial, é de 54% e todas as prefeituras citadas estão com gastos muito próximo do limite, de acordo com o TCE. Em Toledo, por exemplo, os gastos chegaram a 51,3%, o que corresponde a 95% do permitido.

Empresas com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões, produtores rurais e Microempreendedores Individuais (MEI) com funcionário contratado terão mais tempo para aderir ao eSocial, o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas. O prazo, que era até o dia 15 de julho, foi prorrogado para novembro. A decisão foi do Comitê Diretivo do eSocial.

Segundo Juliana Cipriani, coordenadora de Segurança e Saúde do Sesi no Paraná, mesmo com o prazo estendido, é importante que as empresas se preocupem em estar preparadas. “O eSocial veio para facilitar a vida dos empresários. No entanto, reunir os documentos, verificar se as informações estão corretas, é algo que leva tempo e precisa de muito cuidado. Por isso é fundamental estar preparado para enviar as informações para o portal”, afirma.

O eSocial é uma ferramenta do Governo Federal que unifica o fornecimento de informações trabalhistas, previdenciárias, tributárias e fiscais relativas à contratação e à utilização de mão de obra onerosa, com ou sem vínculo empregatício. O não cumprimento dos prazos ou o envio de dados incorretos pode gerar multa ao empregador.

Para auxiliar as organizações nesse processo de transição, o Sistema Fiep, desenvolveu uma consultoria em eSocial, por meio do Sesi no Paraná, com uma análise completa das empresas. “Fazemos um levantamento de informações para mapear e diagnosticar a aderência do empreendimento em relação ao cumprimento do eSocial, o que possibilita a garantia da qualidade e do prazo das informações a serem enviadas ao Governo Federal, explica Juliana.

De acordo com Juliana, as empresas precisam de ajuda para organizar, analisar a documentação legal e verificar a qualidade dos documentos que darão embasamento para o envio das informações ao portal. “Nossa consultoria é customizada, o que possibilita que a empresa consiga organizar as informações e os seus processos internos, promovendo uma integração entre as áreas de recursos humanos, segurança e saúde no trabalho e contabilidade”.

Além da consultoria, o Sistema Fiep, também lançou um blog com diversas informações sobre o tema, como prazos, tipos de informações que devem ser geradas, consultorias especializadas e como o eSocial otimiza os processos de segurança e saúde, beneficiando os trabalhadores, já que eventos relacionados às condições ambientais do trabalho, acidentes, exposições a agentes nocivos e exames de monitoramento da saúde do trabalhador fazem parte da integração do novo sistema eletrônico. O site também disponibiliza uma cartilha informativa. O blog está no endereço www.sesipr.org.br/esocial.

Comentário

Cinco suspeitos foram detidos por tráfico de drogas pela Polícia Civil na tarde desta segunda-feira (23), na Vila Operária em Toledo.

De acordo com o portal Catve, policiais civis atenderam denúncia anônima em uma residência do bairro, onde encontraram, escondido em um guarda-roupas, 175 gramas de cocaína, 30 gramas de maconha, três celulares, um caderno com anotações de tráficos e embalagens vazias.

Um dos suspeitos, um jovem de 24 anos, era foragido da Cadeia de Maringá, acusado de ter praticado o crime de homicídio. Além dele, foram presos um homem de 31 anos e dois adolescentes, um de 16 e uma jovem de 14 anos, todos encaminhados à 20ª SDP (Subdivisão Policial) de Toledo.

Comentário

Atender a comunidade possibilitando melhoria de qualidade de vida é um dos objetivos que a Unipar (Universidade Paranaense) tem por compromisso em ações realizadas por meio dos seus cursos de graduação. Focado nisso, surge na Unidade de Umuarama o projeto de extensão ‘Borboletas’, idealizado pela professora Fernanda Garcia Velasquez, do curso de Direito.

Coordenado por ela e desenvolvido com advogados voluntários e acadêmicos, o projeto tem o intuito de atender pessoas doentes que necessitam de medicamentos de alto custo que não são cobertos pelo SUS (Sistema Único de Saúde). A equipe do Borboletas também informa sobre os direitos dos pacientes, que muitas vezes desconhecem, e acompanha todo o trâmite da ação jurídica para obtê-los, de forma gratuita.

“Já ultrapassamos a 50 processos e vários estão em andamento”, orgulha-se a professora Fernanda. Com ela, atuam no projeto três advogados voluntários [Juca Morais, Douglas Eduardo Santana da Silva e Larissa Broch] e o estagiário Rafael Costa Lis, do 4º ano de Direito. Os pacientes são encaminhados pela Uopeccan, médicos ou assistentes sociais da região.

Segundo a professora, o nome Borboletas foi inspirado na transformação intensa e difícil que o paciente com câncer vivencia em seu tratamento, assim como seus familiares. “É uma luta constante, um processo muito difícil de enfrentar e, então, com o tratamento e a cura, a pessoa liberta-se para uma nova vida e um novo olhar”, elucida.

Por lidar com casos delicados, a equipe precisa oferecer um atendimento humanista, com respeito e carinho, para quem está nessa situação. “As pessoas vêm até nós desesperadas, necessitando de ajuda, pois são casos sérios. É uma experiência importante, inclusive, para o estagiário entender que o atendimento deve ser cuidadoso, atencioso e de fácil linguagem, não apenas técnico”, complementa o advogado Juca.

O acadêmico Rafael afirma que atuar no projeto é motivo de muita alegria: “Entrei nele a convite da professora Fernanda, pela nobreza da causa e por ter vontade de ajudar as pessoas. É muito gratificante e comovente não só para mim, mas para a equipe toda atender essas situações. Quando ganhamos uma causa, a comemoração é geral”, festeja.

Isso porque todas as causas são desafiadoras, tendo em vista os severos requisitos hoje determinados pelo Conselho Nacional de Justiça. “O mais dificultoso é a comprovação da extrema hipossuficiência financeira do doente e seus familiares, em contraposição aos preços impraticáveis dos medicamentos, que têm valores aproximados de 25 mil reais ao mês. Ou seja, mesmo que a pessoa tenha certa liquidez financeira, a viabilidade de arcar com os custos torna-se impossível. Mesmo assim, as causas ganhas se sobrepõem às que ainda estão em grau de recurso”, diz a professora.

A sede do projeto Borboletas fica na Unidade Básica de Saúde da Unipar. O atendimento a pacientes acontece às quintas-feiras, entre às 14 e 16 horas. Agora a equipe espera que, com a reabertura da Casa de Apoio da Uopeccan, mais pacientes sejam auxiliados pelo projeto, conforme a assessoria da instituição.

Comentário

Página 1 de 6

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br
(67) 99913-8196
Lucas Bertoletti
Email: lucas@douranews.com.br
(45) 99931-7131

Rua Guaíra , 1917
Jardim Pancera – Toledo - PR
CEP 85902-192
E-mail: jornaldetoledo@gmail.com