Timber by EMSIEN-3 LTD
Quarta, 04 Julho 2018 09:32

Mudança na lei do Revalida beneficia brasileiros que cursam Medicina no exterior Destaque

Escrito por
Comissão de Educação da Câmara dos Deputados aprova mudanças de critérios para o Revalida Comissão de Educação da Câmara dos Deputados aprova mudanças de critérios para o Revalida Divulgação/Fenam

O Governo brasileiro está a um passo de transformar em lei o Revalida (Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira) que hoje é um exame e, de acordo com o projeto aprovado recentemente pela Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, em Brasília, será realizado uma vez por ano pelo Ministério da Educação.

Se o projeto virar lei, todos os médicos formados em outros países e os brasileiros que se formarem em Medicina em faculdades do exterior deverão passar pelo exame para que sejam autorizados a clinicar no Brasil. O projeto tramita pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da casa antes de ir à sanção do presidente Michel Temer.

De acordo com o diretor administrativo da UCP (Universidad Central do Paraguay), Karlos Bernardo, a aprovação desta medida vai definir regras claras e a frequência com que o exame será realizado e com isso haverá de fato uma normatização e a regulamentação efetiva do Revalida.

“Com nossas disciplinas compatíveis aos planos curriculares do Brasil e com a qualidade de ensino que estamos oferecendo aos brasileiros que estão vindo se graduar no Paraguai e em nossa instituição, não temos dificuldade em afirmar que os médicos formados aqui na UCP, por exemplo, terão plenas condições de ser aprovados no Revalida e a definição de regras e normas dará mais tranquilidade para que eles possam fazer o exame e dar início a vida profissional”, disse Bernardo.

Segundo o médico Luís Carlos Sobania, da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, a normatização do Revalida é importante para garantir a qualidade do profissional autorizado a clinicar no Brasil. “O projeto em vias de aprovação final foi largamente discutido pelas entidades médicas”, diz ele.

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br
(67) 99913-8196
Lucas Bertoletti
Email: lucas@douranews.com.br
(45) 99931-7131

Rua Guaíra , 1917
Jardim Pancera – Toledo - PR
CEP 85902-192
E-mail: jornaldetoledo@gmail.com